quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Bonsucesso estreia no Grupo X em Bacaxá.



Estádio do Boavista em Bacaxá será “palco” de Cabofriense x Bonsucesso. Foto: Hector Werlang/ globoesporte.com

O Bonsucesso entra em campo no próximo domingo (05/02) às 16:30 no Estádio Elcyr Resende de Mendonça em Bacaxá para sua estreia no Grupo X contra a Cabofriense. O tricolor praiano segue o campeonato da mesma forma da 1ª fase, sem jogar em Cabo Frio. O grupo X será a última oportunidade do Cesso de escapar do rebaixamento.
Fonte: Ferj.

Jogadores no mesmo discurso.
Manfredini e Jussa em entrevistas ao site FutRio afirmaram que o fracasso do Cesso na 1ª fase está relacionado ao pouco tempo de trabalho na formação e treinamento da equipe, ocasionando em fraco entrosamento:

Manfredini: Foto: Gabriel Farias.
“Acredito que nosso curto tempo de preparação pesou. Apesar de termos feito bons amistosos, o entrosamento da equipe ainda não era o ideal e em alguns jogos nós sentimos um pouco isso. Apesar das chances terem aparecido, não soubemos aproveitar e o resultado positivo não veio. Agora estamos trabalhando firme para desempenharmos um bom papel no Grupo X e livrar o Bonsucesso do rebaixamento”.

Jussa: Foto: Gabriel Farias.
“Não foi por falta de trabalho ou treinamentos que não fizemos uma boa primeira fase. Demos duro todos os dias na pré-temporada, não deixamos de correr em nenhum treino, saíamos esgotados de todos os jogos, mas infelizmente a bola teimou em não entrar. O que acho que pesou foi a falta de entrosamento. Acredito que a equipe estará mais entrosada e as vitórias vão vir neste Grupo X”.

E como será o Cesso no Grupo X?

Manfredini: “Nosso primeiro objetivo, que era estar entre os dois primeiros classificados para a fase principal do Carioca, não foi alcançado, então a partir de agora, nossa segunda meta é manter o Bonsucesso na elite. Teremos uma semana cheia, para que possamos trabalhar bastante e acertar os erros cometidos na primeira fase. Temos a total confiança no grupo e na comissão para fazermos uma boa campanha no Grupo X e alcançar nosso objetivo que é se manter na primeira divisão”.

Jussa: “Não escondo que o grupo ficou abalado por não termos vencido na primeira fase, mas conseguimos reajustar a casa e estamos confiantes para os jogos do Grupo X. Nenhum jogo será fácil, mas já conhecemos os adversários. As vitórias que não vieram na primeira fase, se Deus quiser, com muito trabalho, vão acontecer agora e não vamos deixar o Bonsucesso cair para a Segunda Divisão”.


SPORTV apresenta irregularidades da gestão do futebol.

A redação SPORTV deixou os torcedores do Bonsucesso de "cabelos em pé" depois de divulgar uma matéria investigativa sobre as incrições dos atletas do Cesso pela empresa que administra o atual futebol do Cesso, L&S Assessoria, Empreendimentos e Participações Ltda.

A matéria apresentou as seguintes irregularidades:

Marcelo Salgado, sócio da L&S, que administra o futebol do clube desde 2015, assina como “presidente do Bonsucesso” os documentos. A Federação de Futebol não o reconhece como presidente. Segundo a matéria, a FIFA não permite que empresas que cuidam de carreira de jogadores administrem clubes;

A L&S não existe na listagem de intermediários da CBF e o endereço que consta na razão social não corresponde ao endereço da empresa. O repórter da SPORTV esteve no local e não encontrou a empresa nesse endereço;

Segundo apuração do repórter Fred Justo, Marcelo Salgado registra sobrenomes diferentes nas inscrições da CBF e Federação. Na CBF responde como Marcelo Fonseca Salgado. Na Federação responde como Marcelo Moreira Salgado.

A reportagem informou que procurou contatos com José Simões e Marcelo Salgado, mas sem sucesso. Segundo a matéria, caso o Bonsucesso consiga fugir do rebaixamento no campo, a situação pode terminar nos tribunais.


A decisão que vigora.

A L&S por meio de seu sócio Marcelo Salgado e o presidente do Cesso José Simões discutem na justiça o não cumprimento contratual das partes. A L&S retornou ao comando do futebol por liminar assinada pela Desembargadora Lúcia Maria Miguel da Silva Lima e que tem como agravante Ary Amancio Pereira, revogando uma liminar concedida ao presidente José Simões.

1ª página de três.

5 comentários:

  1. Vamos nos juntar e organizar um protesto contra o dono dessa empresa em algum dos jogos do grupo x.
    Eles vão muito além de rebaixar o bonsucesso, vão acabar com o nosso time.
    Muito triste a nossa situação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Time online esse esse seu Bonsucesso,time de franguinhos...Fudeu com a minha Cabofriense...Abriu as pernas para o Nova Iguaçu enfiar tudo..Time de mulambos...Vcs vão vê o q é um time de verdade como é a Cabofriense...Goleada em vcs...Kkkkkkk.

      Excluir
    2. Olha quem fala. Lembra q em 2006 a cabofriense fez acordão com Madureira na taça rio? Jogo de comadres em pleno correao. Atrasaram o jogo de propósito. Bem feito: foram eliminados pelo próprio madureira. O Bonsucesso ja estava eliminado, é o n Iguaçu precisava do resultado. N teve emtregada nenhuma, diferente do q vcs fizeram em 2006

      Quem não tem teto de vidro...

      Excluir
  2. Com certeza nossa torcida rubro anil fará fará diferença contra o nosso adversário amanhã.

    ResponderExcluir